Segurança Patrimonial: 5 passos para uma boa gestão dela - Allia
661
post-template-default,single,single-post,postid-661,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-16.8,qode-theme-bridge,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-5.5.2,vc_responsive
 

Segurança Patrimonial: 5 passos para uma boa gestão dela

5 passos para uma boa gestão de segurança patrimonial

Segurança Patrimonial: 5 passos para uma boa gestão dela

Há um senso comum que para reduzir os riscos de roubos e furtos, basta que todos os empreendimentos tenham câmeras, vigias, alarmes e demais equipamentos eletrônicos. Porém quem trabalha na área sabe que para ter uma boa gestão de segurança patrimonial, é necessário um bom planejamento com soluções assertivas para todos os riscos associados ao negócio.

Muitas empresas não se atêm a esse ponto e deixam seu negócio vulnerável. Para que você não tenha surpresas desagradáveis, que podem ser evitadas, acompanhe algumas dicas sobre como melhorar a gestão de segurança patrimonial.

Como ter uma gestão de segurança patrimonial em 5 passos

Compreenda seu espaço e contexto

Antes mesmo de contratar uma empresa para fazer a segurança do seu empreendimento, é importante que você conheça bem todo o ambiente e saiba quais riscos ele pode apresentar. Esta avaliação do todo compreende o contexto externo e o interno da organização, facilitando a colaboração de todos para tornar o ambiente mais seguro;

Procure autoridades em segurança

De acordo com a lei, é obrigatório que empresas que façam esse tipo de trabalho sejam especializadas e cadastradas. Dessa forma o treinamento e a preparação de consultores e vigilantes são mais confiáveis, dando mais capacidade a equipe. Você pode optar por terceirizar os serviços confiando na expertise de especialistas;

Delegue responsabilidades

A organização deve assegurar que haja autoridade e competência para gerenciar riscos com eficácia em todos os controles. Para facilitar o processo, deve-se identificar quem ficará responsável pelo gerenciamento, pelo desenvolvimento, implementação e manutenção da estrutura na hora de gerenciar riscos, entre outras responsabilidades;

Integre os processos

É importante que todos os setores da empresa estejam em conformidade com o processo para que a gestão seja eficaz, incorporando-a no desenvolvimento de políticas, na análise crítica, no planejamento estratégico e de negócios, além dos processos de gestão de mudanças;

Esteja em constante fiscalização

Designe alguém de confiança para acompanhar o trabalho da equipe de segurança para se certificar que tudo está sendo adequadamente cumprido, inclusive do ponto de vista legal, minimizando qualquer risco para o seu negócio.

 

 

Para que a gestão aconteça da melhor forma, é preciso uma estrutura eficiente e adequada que deve ser pensada para manter essa eficiência ao longo do tempo.

 

Gostou desse texto? A Allia pode ajudar a sua empresa a fazer a gestão de segurança patrimonial. Acesse o site e entre em contato conosco!

 

No Comments

Post A Comment